A vida difícil do camponês egípcio

. quarta-feira, 19 de novembro de 2008


Um escriba procura convencer um jovem aprendiz das letras a não abandonar a sua profissão:


Disseram-me que queres pôr de parte as letras e te voltas para o trabalho do campo. (...) Não te recordas da condição do lavrador quando vêm cobrar o imposto sobre a colheita? Os vermes levaram-lhe metade do grão e o hipopótamo comeu o que restava. Caem os gafanhotos, a passarada pilha (...). Que calamidade para o camponês! O que ainda possa ficar na eira roubam-no os ladrões. A junta de bois morreu a puxar o arado. E, agora, o escriba chega ao porto (do Nilo), para taxar a colheita. Traz com ele guardas armados de varas. (...) E dizem: "Dá-nos o grão!" Mas ele já não o tem (...). Então batem no campo­nês, estendido no chão. Carregam-no de correntes e lan­çam-no no fosso; ele mergulha na água e chafurda, de cabeça para baixo (...).
O escriba está acima de todos. O que trabalha escre­vendo não sofre impostos, não tem obrigações a pagar. Lembra-te bem disto.

"Sátira dos Oficios", Papiro Anastasi V. C. 1900 a. C.
Agora já sabes responder
1. Enumera as condições que tornavam pouco invejável a vida do camponês egípcio.
2. Compara a situação do escriba com a do camponês.

16 comentários:

Anónimo disse...

Fábio Gama

Eu acho que está mal, porque os camponeses têm que pagar impostos, ou seja dar a comida aquilo em que trabalharam e depois se eles não o fizerem matam-lhes e quase todos queriam sair daquela vida dificil sendo escribas

Anónimo disse...

1. Enumera as condições que tornavam pouco invejável a vida do camponês egípcio.

RESPOSTA: As condições que tornavam pouco invejável a vida de um camponês egípcio eram:
-> A rouba da colheita provocada por vermes que levam metade do grão, por hipopotamos que comiam o que restava, por gafanhotos, por pássaros e por ladrões que roubavam o que ficava na eira, o que fazia com que não restasse algum grão ao camponês. Então quando o escriba chegava ao porto (do Nilo) para taxar a colheita, o camponês já não tinha nada para lhe dar, sendo assim os guardas armados com varas que tinham vinham com o escriba batiam no camponês. Era essa a vergonhosa e pouco invejável vida de um camponês.

2. Compara a situação do escriba com a do camponês.

RESPOSTA: A situação de um escriba comparada com a do camponês era muito melhor porque o escriba apenas tinha de escrever, não sofria impostos e não tinha obrigações a pagar. Enquanto que o camponês tinha obrigações a pagar e sofria impostos.

TRABALHO REALIZADO POR :
Zeinab Hanif
7º B Nº 29

Diogo Nunes 7.ºF disse...

1. Enumera as condições que tornavam pouco invejável a vida do camponês egípcio.

O camponês paga impostos e era obrigado a dar metade daquilo que produzia, precisa de animais para o ajudar nos campos, os animais invadiam os seus campos e comiam aquilo que o camponês produzia, era roubado e quando não tinha nada para dar ao escriba era agredido.




2. Compara a situação do escriba com a do camponês.

O escriba não paga impostos e o camponês sim; tem um trabalho mais simples e pouco pesado, ao contrário do camponês;e o Escriba está acima de todos.

Sérgio Carvalho disse...

Bom dia,professor!Espero que tudo esteja bem.

1 - A vida do caponês era díficil principalmente porque o camponês era obrigado a pagar impostos. Também podiam acontecer prejuízos nas suas colheitas, como pragas, ladrões, e outros.

2 - O escriba, sendo um grupo priviligiado, tinha poder sobre os camponeses, que eram um grupo não privilegiado. Também gozava de alguns privilégios, como a isenção de impostos.

Anónimo disse...

1- As condições que tornavam pouco invejável a vida de um camponês egípcio eram: a passarada e o resto dos animais destruirem a colheita;A pouca colheita que sobra é roubada pelos ladrões;O camponês tinha de pagar os impostos ao faraó e quando não tinha para pagar batiam-lhe.

2-Os escriba têm um trabalho leve e não tem nada a pagar e ainda está acima de todos. O camponês têm um trabalho duro e ainda têm de pagar impostos entre outras despesas.


João Nascimento Nº15 7ºB

Ana Margarida Maduro, 7º B. disse...

1-Os camponeses constituíam cerca de 90% da população. A sua vida era muito dura, cultivavam as terras do Faraó, dos nobres e dos templos, a quem tinham que entregar prácticamente toda a produção.
Na época de Verão, enquanto o Nilo inundava os campos, os camponeses eram obrigados a trabalhar nas grandes obras públicas.

2-Os escribas eram considerados num patamar intermédio, no que diz respeito á sociedade. Os escribas dominavam a escrita egípcia eram funcionários do palácio real ou dos templos.
Recebiam grandes ofertas do Faraó e dos fiéis, tendo por isso enormes propriedades e rebanhos. Por isso a vida dos camponeses era bem diferente, mais penosa e dura que a dos escribas.

Amélia disse...

1º-as condições que tornarama vida do campones indesejavel foi o facto de que quando os vermes ia levar metadedo grão e o hipopotamo comer o que restava, caírem gafanhotos, a passarada pilhar e o que podia ficar na eira os ladrões roubarem.ha tb o facto de baterem os camponeses.
2º-as situação do escriba era muito + simples pois estava acima de todos,ñ tinha de pagar impostos,naotinha obrigaç~pes a paga,e, por outro lado o compons tinha de trabalhar feito escravo, vivendo mal.

yara 7º F Nº26 disse...

1ª pergunta
Os vermes levaram-lhe metade de grão e o hipopótamo comeu o que retava,caem os gafanhotos,a passarada pilha,o que ficou na eira roubam-no os ladrões,a junta de bois morreu a puxar o arado.

2ªpergunta
o escriba está acima de todos,enquanto o camponês é um simples homem,o escriba não paga impostos mas o camponês paga,o escriba não tem obrigações a pagar mas o camponês tem de apresentar alguma quantida de alimentos no final de um determinado tempo.

Inês Mateus disse...

PERGUNTA 1:As condições que tornavam pouco invejável a vida do camponês egípcio eram:
1º:As pragas que lhe estragavam as plantações e sementeiras.
2º:Os ladrões que lhe roubavam o que sobrava na eira (plantações).
3º:Aparecia-lhe os cobradores de impostos (soldados) que vinham taxar as colheitas,acompanhados do escriba,e que como o camponês não tinha como pagar lhe batiam e o lançavam no fosso.

PERGUNTA 2:A situação do escriba é muito diferente da do camponês, porque o escriba era um priveligiado,cujo trabalho é escrever, não paga impostos e não tem obrigações a pagar.Por isso a sua vida era bem mais fácil que a do camponês que trabalhava arduamente,e sofria tudo o que relata a pergunta número 1.

Carolina Vidal de Carvalho e Carina Patricia Neto Moura disse...

1-As condições que levaram a vida do camponês indesejavel foi quando os vermes levavam-lhe metade do grão e davam o resto ao hipopótamo ,e quando os guardas iam pedir o grão e os camponeses não tinham os guardas batiam-lhes;cairem gafanhotos;a passarada pilhar.

2-O escriba está a cima de todos e não sofre impostos, enquanto que o camponês é ao contrario, está a baixo de todos e sofre impostos.

carolina moura nº7 / camila carvalho nº3 7º c disse...

1-as condiçoes que tornaram pouco invejavel a vida do campones sao:os vermes(levavam o metade do grao e o hipopotamo comia o resto), os gafanhotos e a passarada.
Quando o escriba lá aparecia e pedia o grao e eles diziam que nao tinham o escriba batia-lhe.

2- As diferenças entre eles sao:o campones trabalhava no campo onde tem varias condiçoes. Sofre á custa do escriba.

o escriba está acima de todos e nao trabalhava.Tambem mandava bater no campones kuando ele nao hle dava o que queria.

Anónimo disse...

1-Os camponeses tem de pagar os impostos,trabalhão muito,tem uma vida mizeravel.
2-As diferensas são: oescriba tinha uma vida boa e o canpones tinha uma vida má.
Ricardo

Laura Carvalho;7ºC;Nº17 disse...

Aqui estam as respostas:
1-As condições que tornava pouco invejável a via do camponês egipcio sao:1ºos vermes levavam metade do grão e o hipopótamo comia o que restava. 2ºo que resta na eira roubavam os ladrões. 3º a junta de bois moria a puxar o arado. 4ºdepois de tudo isto a escriba chega aoo porto para taxar a colheita, e trazem com ele guardas armados de varas. 5ºPede-lhe(ao camponês) o grao e se ele nao o enterga-se batiam-lhe,carregam-no de correntes e laçam-no no fosso.

2-A comparação da situaçao do esriba com a do camponês é: Que o camponês trabalha no duro para pagar impostos ao escriba e se nao tiverem naa para pagar os impostos(ex.:grão) os guardas do escriba batem no camponês, e que o que trabalha no duro(o camponês) mesmo sofrendo o que sofre para pagar os impostos se nao os paga os guardas batem nele e o escriba so recebe os impostos e nm sequer os paga.

Joana disse...

1- As condiçoes que tornavam pouco invejavel as condiçoes do campones sao: as pragas de vermes e insectos e a cobrança de impostos das colheitas feita por escribas e guardas que o espancam por nao ter...

2-O escriba esta a cima de todos e nao paga impostos e obriga o agricultor a pagar.

Daniela Eufrásio 7ºF Nº5 disse...

1- O trabalho no campo e o imposto sobre a colheita.
2- O escriba tentava ajudar um jovem a não abandonar a profissão enquanto o camponês trabalhava no campo e estava a descordar com o que o escriba dizia!

Pedro Henrique Lobo Santos 7ºF disse...

1-

1-Condição:Os vermes tinham-lhe levado metade do grão,e o que restava desse grão o hipopótamo o tinha comido.2-Condição:caiam os gafanhotos,a passarada pilha,era uma calmidade para o camponês.3-Condição:o que ficou na eira os ladrões.4-Condição:a junta de bois tinha morrido a puxar o arado.5-Condição:e finalmente a escriba chegou ao Porto,para taxar a colheita,e traz com eles guardas armados. 2-a situação e que o escriba tem mais liderança que o camponês e levava uma vida melhor que a dele(o camponês)

On line



Projecto da responsabilidade de Carlos Jorge Canto Vieira


Marcadores

Seguidores

Hoje na História

Pesquisar neste blogue